Green Chemistry

Greening Across the Chemistry Curriculum English | Versión en Español Flag Spain| Versão em Português (Brasil) Flag Port

Um Módulo de Química Verde 
Uso Sugerido: Disciplina de química orgânica durante a discussão de reações químicas e sínteses. 

Voltar ao módulo Verde para Química Orgânica
ECONOMIA DE ÁTOMOS: Uma Medida da Eficiência de uma Reação 

DICAS PARA O PROFESSOR 

GERAL

Daryle Busch, presidente da Sociedade Americana de Química disse que “A química verde representa os pilares que sustentam o nosso futuro sustentável. É imperativo que se ensine o valor da química verde para os químicos do amanhã.”

Como a química verde está se tornado rapidamente a onda do futuro, nós acreditamos que é muito importante que estudantes estejam expostos À química verde em várias disciplinas ao longo do seu currículo de química. Estes módulos de química verde foram desenvolvidos por uma equipe composta por membros da Universidade de Scranton com o objetivo de inserir química verde em disciplinas específicas que fazem parte do currículo de química. Esperamos que outros instrutores possam usar esses módulos como modelos para inserir a química verde em suas disciplinas. Queremos que os instrutores os usem, modifiquem e copiem de acordo com suas necessidades para fins educacionais, entretanto, qualquer uso comercial é proibido, exceto com permissão expressa dos autores. Gostaríamos que você nos dissesse como e quando os módulos foram utilizados (michael.cann@scranton.edu). Isto nos auxiliará no acesso aos resultados deste projeto.

Para que você utilize os módulos, nós sugerimos que você primeiro peça a seus alunos para lerem a Introdução à Química Verde e, depois, o módulo específico da sua disciplina. Você poderá então discutir este material na sala de aula. Para lhe auxiliar na apresentação na sala de aula, cada módulo é acompanhado de uma série de slides no Power Point. Você poderá, eventualmente, pedir aos alunos para que imprimam os slides em Power Point, para ajudar nas anotações.

Embora cada módulo tenha sido desenvolvido para uma disciplina particular, nós estimulamos os instrutores a lerem atentamente todos os módulos e encontrar maneiras de inserir mais química verde em todas as disciplinas que eles ensinam. Outros esforços para levar a química verde à sala de aula podem ser encontrados em greenchemistry.html 

MÓDULO DE ECONOMIA DE ÁTOMOS

Este módulo foi escrito inicialmente para ser usado em uma disciplina de química orgânica de dois semestres em seqüência (teórico e experimental), tradicionalmente freqüentada pelos estudantes nos primeiros anos do curso de química. O módulo usa exemplos de reações orgânicas e sínteses para ilustrar o conceito de economia de átomos. Entretanto, economia de átomos é um conceito simples que pode ser aplicado a qualquer situação onde uma reação e/ou síntese é encontrada. Assim, este módulo pode ser adaptado para uso em disciplinas como química geral, química inorgânica, bioquímica, química de polímeros, química ambiental e química industrial, bem como em disciplinas para cursos que não sejam da área de ciências.

Em uma aula da disciplina de química orgânica este módulo pode ser inserido em uma discussão quando aparecer a primeira reação. Muitos livros de química orgânica (desenvolvidos para aulas teóricas) são escritos de tal forma que a primeira reação encontrada em detalhes é uma substituição nucleofílica. Nós utilizamos, assim, uma reação de substituição nucleofílica para começar a discussão de economia de átomos. A discussão é continuada através do emprego de exemplos de reações de eliminação, adição e rearranjo, seguidas por várias sínteses para melhor demonstração do conceito de economia de átomos. O instrutor provavelmente irá discutir estas ilustrações adicionais de economia de átomos quando estiver abordando esses tipos de reações ou ainda quando encontrar vários exemplos de sínteses. Alternativamente, você poderá achar melhor discutir todos os exemplos de economia de átomos de uma vez quando você der uma visão geral sobre os tipos comuns de reações orgânicas. O instrutor da aula teórica pode ainda focalizar simplesmente a economia de átomos, abrindo mão das discussões de economia de átomos experimental e rendimento em porcentagem, que fariam parte da disciplina experimental.

Em uma disciplina de química orgânica experimental este módulo pode ser usado quando os alunos se depararem com sua primeira reação. O módulo não apenas introduz o conceito de economia de átomos, mas também fornece instruções no conceito de rendimento em porcentagem e medida da eficiência de uma reação, através da combinação da economia de átomos com o rendimento em porcentagem.